Menu
Fechar

Envie seu trabalho!

Preencha com seus dados e envie o arquivo em pdf.
Nome

E-mail

Escolha a seção

Enviar arquivo (.pdf)

Voltar

A favor da inclusão – Marival Mazzio
“Fazer um basquetebol para todos: atletas, técnicos, árbitros, pais e torcedores.”

Nossa live com Marival foi reveladora…

Foi com esse propósito que Marival Antonio Mazzio Junior assumiu a presidência da Federação Paranaense de Basquetebol.

Marival herdou a paixão pela modalidade do pai, Marival Mazzio, que durante décadas dedicou sua vida ao esporte. Em seu currículo, constam cargos de relevância como: vice e posteriormente chefe de departamento UEL, vice-diretor e diretor do Departamento de Educação Física e Desportos, vice-chefe do Departamento de Ciências do Esporte e vice-diretor do CEFE. Além de atuar na Universidade, Marival foi coordenador de Educação Física e Jogos Escolares no Núcleo Regional de Educação de Londrina, coordenador das Escolinhas de Futebol em Cambé e diretor presidente da Fundação de Esportes de Londrina. Ele ainda acompanhou a criação do CEFE e a formação da primeira turma de Educação Física em 1974.

A frente da Federação, Marival Jr. quer criar, projetar e desenvolver ações que visam o desenvolvimento do basquetebol paranaense.

Dalila Bulcão

A ex-atleta Dalila Bulcão ganhou a medalha de ouro com a Seleção Brasileira de Basquete no Campeonato Mundial de 1994, disputado na Austrália. A conquista foi histórica para o basquete brasileiro e superou a hegemonia de títulos mundiais do Estados Unidos e da antiga União Soviética.

A atleta é referência para as jovens aspirantes na modalidade, já que Dalila começou no esporte batendo bola na quadra pública da Praça Oswaldo Cruz da Prefeitura de Curitiba, Paraná.

Depois de começar no esporte em seu estado natal, o Paraná, Dalila chegou a Santo André, grande polo do basquete feminino nacional, e, posteriormente, ao basquete universitário norte-americano. Após cinco anos nos Estados Unidos, a paranaense foi surpreendida no retorno ao Brasil com uma convocação para a Seleção Brasileira. Garantiu vaga no time que disputaria o Mundial da Austrália (1994) e voltou do outro lado do mundo como jamais sonharia: Campeã Mundial.

Descoberta pelo técnico Carlos Schneider, o Xexéu, a pivô de1,87m deu início à sua carreira no basquete juvenil do Clube Curitibano, aos 19 anos. Em 1989, foi morar nos Estados Unidos e formou-se em Zootecnia pela West Texas A&M University, defendendo o Lady Buffs até 1993. No seu retorno ao Brasil foi convocada para a Seleção Brasileira e, no ano seguinte, conquistou o título inédito. Dalila encerrou a carreira precocemente, aos 25 anos, logo após voltar a jogar no país. Hoje Dalila é técnica de basquete no Instituto Pró-esporte (Paraná/Brasil).

O caso de Dalila é apenas um entre muitas histórias de sucesso do basquetebol paranaense, que está sendo documentado pelo Memorial do Basquetebol de Ponta Grossa (assunto da nossa live em 20 de setembro de 2020, já no nosso canal do youtube, clique aqui para assistir).

 Chamamos atenção para o caso de Dalila, para lembrar a importância de reconhecer o trabalho e a visão do técnico ao identificar o potencial de um atleta. O apoio da família também é fundamental. A fala emocionada de Marival nesta última live ilustrou a dor de ver um potencial ser perdido e não ter nenhuma estratégia para se recuperar, principalmente quando o compromisso do técnico é com o desenvolvimento do atleta como um todo.

O desenvolvimento de um potencial esportivo em jovens vem muitas vezes coroado de ganhos pessoais como maturidade emocional, responsabilidade social,  que também podem vir acrescentados de medalhas e troféus. Que o futuro nos traga muitas Dalilas e Marivals.

Mulheres à Cesta

A CBB apoia este site

CBB
© Copyright 2020 - Mulheres à Cesta. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido,ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
Fale conosco – [email protected] - Site by Miss Lily.
Utilizamos cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a navegar no site, você concorda com a nossa "Política de privacidade"
Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento, alterando a configuração do navegador e removendo os cookies armazenados. Saiba mais.
Concordo