Menu
Fechar

Envie seu trabalho!

Preencha com seus dados e envie o arquivo em pdf.
Nome

E-mail

Escolha a seção

Enviar arquivo (.pdf)

Voltar

Basquete 3×3


Uma das novidades na programação das Olimpíadas de Tóquio será o basquete 3×3. Essa modalidade surgiu com forte influência da prática do esporte nas ruas, que tem como principais características, a disputa acirrada no placar e a participação dos jovens com jogadas de efeito.

Apesar de ser um esporte relativamente novo, existem competições similares desde os anos 1980, segundo a Federação Internacional de Basquete são mais de 250 milhões de praticantes no mundo.

Basquete 3×3

O basquete 3×3 é uma modalidade do basquetebol disputada com regras diferentes das tradicionais. A primeira grande diferença é no tamanho da quadra, que equivale à metade da tradicional (15×11 metros)

Em cada partida, equipes com 3 jogadores se enfrentam com o objetivo de marcar o maior número de pontos em dez minutos. O valor de cada jogado também é diferente: os arremessos atrás da linha dos três pontos valem dois e aqueles dentro da linha valem somente um ponto. O lance livre vale um ponto normalmente.

Também existe uma diferença na posse de bola. Ao contrário dos 24 segundos para finalizar o ataque, as equipes devem definir o ponto em 12 segundos. Em caso de empate, a prorrogação não dura cinco minutos como no esporte tradicional — a equipe que marcar primeiro dois pontos fica com a vitória.

História

As raízes do basquete 3×3 estão no Streetball, que é uma forma do jogo muito conhecida nas quadras pelo mundo e jogada de forma amadora. Nos anos 1980, nos Estados Unidos, surgiram os primeiros torneios dessa modalidade, que convidavam jogadores de todo o país para participar.

Nesse período, nomes, como “The Professor”, ficaram conhecidos pela sua habilidade no basquetebol de rua e criaram uma base de fãs que impulsionou o crescimento desse tipo de jogo. Atualmente, além dos torneios da FIBA em preparação para as Olimpíadas, também existe o BIG3, que tem regras similares e reúne ex-atletas profissionais.

O objetivo da FIBA com a profissionalização dessa modalidade, é ajudar no crescimento do basquete em todo o mundo.

Cadastro Nacional

O Departamento de Basquete 3×3 da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) quer conhecer melhor atletas, técnicos e preparadores físicos da modalidade. Para isso, criou um cadastro nacional do esporte. Você pode se cadastrar preenchendo o formulário que se encontra no link https://www.cbb.com.br/cadastro-nacional

Lá você também irá descobrir os locais onde praticar a modalidade pelo Brasil afora.

Mulheres à Cesta

A CBB apoia este site

CBB
© Copyright 2020 - Mulheres à Cesta. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
Fale conosco – [email protected] - Site by Miss Lily.
Utilizamos cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a navegar no site, você concorda com a nossa "Política de privacidade"
Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento, alterando a configuração do navegador e removendo os cookies armazenados. Saiba mais.
Concordo