Menu
Fechar

Envie seu trabalho!

Preencha com seus dados e envie o arquivo em pdf.
Nome

E-mail

Escolha a seção

Enviar arquivo (.pdf)

Voltar

A luta pela igualdade de gênero no esporte


Patrícia Medrado, a tenista brasileira que teve a carreira profissional mais longa no circuito internacional depois de Maria Esther Bueno, é também uma ativista na luta por espaço e igualdade de gênero no esporte profissional.

Contra o machismo

A história de Patrícia é bastante curiosa. Em 1980, pouco antes do início do Campeonato Brasileiro de tênis, no Clube Pinheiros, em São Paulo que iria definir a número 1 do país notou, quase por acaso, que o campeão na chave masculina levaria 250 mil cruzeiros, cinco vezes mais que as mulheres (50 mil), ambos profissionais. Mas ela não se calou. Procurou as colegas da chave feminina e propôs um boicote, que teve adesão unânime. O boicote foi um dos movimentos pioneiros na luta contra a desigualdade na história do esporte brasileiro.

Essa e outras histórias, Patrícia Medrado irá contar para Claudia Guedes numa live que será realizada no dia 25 de março no instagram @mulheresacesta.

No esporte

Natural de Salvador, Patrícia nasceu no dia 26 de novembro de 1956 e começou sua carreira na capital baiana ainda aos 10 anos. Profissionalizou-se e começou a competir pelo Brasil e pelo mundo.

Entre 1974 e 1985, foi líder do ranking brasileiro e chegou na 48° posição do ranking da WTA em simples, e em 9º na categoria de duplas, com a também brasileira Cláudia Monteiro.

“Com o tênis você aprende tudo o que precisa para a vida: tomar decisões, assumir erros, ter força de vontade e fazer amigos”, frase que Patrícia emprega em seu site oficial e leva para sua vida.

Atualmente, Patrícia atua a frente do Instituto que fundou e leva seu nome. Uma entidade sem fins lucrativos que tem como missão contribuir para a formação integral de indivíduos, principalmente aqueles em situação de vulnerabilidade social.

Principais prêmios

Patrícia foi número 48 do mundo em 1983, quando tinha 27 anos. Teve resultados consistentes nos Majors, atingindo a terceira rodada em Roland Garros duas vezes, em 1978 e 1979, além de Wimbledon, em 1982. No total, foram 28 participações em Grand Slams entre 1976 até 1988.

A CBB apoia este site

CBB
© Copyright 2020 - Mulheres à Cesta. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
Fale conosco – [email protected] - Site by Miss Lily.
Utilizamos cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a navegar no site, você concorda com a nossa "Política de privacidade"
Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento, alterando a configuração do navegador e removendo os cookies armazenados. Saiba mais.
Concordo