Menu
Fechar

Envie seu trabalho!

Preencha com seus dados e envie o arquivo em pdf.
Nome

E-mail

Escolha a seção

Enviar arquivo (.pdf)

Voltar

Basquete Feminino da Zona Leste de São Paulo ganha selo da NBA


O projeto de basquete Instituto Recanto Basketball, que existe há 9 anos na Escola Estadual Recanto Verde Sol, na zona leste de São Paulo, e por onde já passaram mais de 200 meninas agora faz parte da NBA Basketball School, a escola de basquete da NBA (National Basketball Association), a liga do esporte nos Estados Unidos e a principal no mundo.

“O projeto começou com treinamentos na escola e logo partimos para as competições. As meninas são bicampeãs nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (2018 e 2019) na Capital e três delas foram selecionadas para fazer parte da equipe sul-americana que jogou no Campeonato Mundial Júnior da NBA, em Orlando, em 2018”, conta Rodrigo Mussini, que dá aulas na escola e dirige o projeto, que hoje tem 70 jogadoras, todas alunas da unidade.

Com cem unidades espalhadas pelo Brasil, essa é a primeira NBA Basketball School, programa que aplica o método de ensino do basquete de maior sucesso no mundo para crianças e jovens de 6 a 18 anos, em uma escola pública e sem custos para os participantes.

NBA

Jogar na NBA é o sonho de todo atleta de basquete, mas poucos brasileiros tiveram a chance de disputar a famosa liga norte-americana e este foi o caso da ex-pivô da Seleção Brasileira e da WNBA (a liga feminina), Alessandra Santos de Oliveira, que é madrinha do projeto Instituto Recanto Basketball e partir de hoje dá nome à quadra da escola. ((ATT: Alessandra já participou de live))

A ex-aluna Raiane Dias (17) estudou na escola de 2009 a 2017. Ela ingressou no projeto desde o início, atualmente joga profissionalmente e é federada pela seleção brasileira de basquete feminino.

“É muito gratificante ver o quanto o esporte pode transformar a vida dessas meninas, assim como foi na minha vida. Hoje em dia o projeto cresceu, agora são 70 alunas e graças ao professor Rodrigo que está possibilitando para as alunas a transformação de vida por meio do esporte”, declarou Raine, que agora volta à escola para auxiliar as alunas nos treinos junto ao professor Rodrigo.

Fonte: Governo do Estado SP/ Secretaria da Educação

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS
A CBB apoia este site

CBB
© Copyright 2020 - Mulheres à Cesta. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
Fale conosco – [email protected] - Site by Miss Lily.
Utilizamos cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a navegar no site, você concorda com a nossa "Política de privacidade"
Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento, alterando a configuração do navegador e removendo os cookies armazenados. Saiba mais.
Concordo