Menu
Fechar

Envie seu trabalho!

Preencha com seus dados e envie o arquivo em pdf.
Nome

E-mail

Escolha a seção

Enviar arquivo (.pdf)

Voltar

Salva pelo esporte


Ela nem sempre foi uma atleta. Durante dois anos, Gabriela Pedroso, de 20 anos, lutou contra crises de convulsão depressiva (nervosa). “Passei a fazer um tratamento de dois anos e neste caminho, por indicação de uma colega, encontrei o Projeto Lance Livre, onde o professor e treinador Rodrigo Brino Vieira estava à frente.”, conta Gabriela.

Nascida em Cotia, interior de SP, Gabriela hoje mora com a família em Paraguaçu Paulista. Por conta do tratamento, a jovem sempre foi muito reservada e tímida. “Desde a minha adolescência, por consequência dos medicamentos para o tratamento, era fechada e quieta, mas tudo mudou quando entrei para o Projeto.”, lembra.

Estudos mostram que a prática de atividade física ajuda a reduzir a frequência das convulsões, bem como levar a uma melhor saúde cardiovascular e psicológica.  E as melhoras foram visíveis. O basquete ajudou a jovem a se tornar mais responsável e alegre. “Com o projeto, além de adquirir controle, equilíbrio e a condenação motora, também cresci social e profissionalmente.”

O Projeto Lance Livre

O Projeto Lance Livre tem como objetivo estimular o senso de cidadania através da prática esportiva para meninas entre sete e quinze anos de idade. Além disso, as jovens também receberem orientações com palestras socioeducativas e acompanhamento por uma assistente social. O basquete é um esporte bastante dinâmico, que requer aprimoramento técnico e tático constantes e proporciona desenvolvimento de habilidades físicas, emocionais e cognitivas.

Live

Na próxima terça-feira, dia 5 de outubro, Gabriela é a convidada de Claudia Guedes para um bate-papo descontraído, no qual a jovem irá contar sua trajetória esportiva. A live acontece no instagram @mulheresacesta a partir das 20 horas.

Desde a minha adolescência toda e por consequência dos medicamentos para o tratamento, era muito fechada e quieta mas, tudo acabou se modificando após o início dos treinamentos no projeto. Tive melhoras muito relevantes, ao qual fizeram me tornar não só uma menina comunicativa, mas também alegre e responsável.

Com o projeto não só consegui adquiri o controle, equilíbrio e a condenação motora mas também, consegui crescer socialmente e profissionalmente falando.

Ela nem sempre foi uma atleta. Durante dois anos, Gabriela Pedroso, de 20 anos, lutou contra crises de convulsão depressiva (nervosa). “Passei a fazer um tratamento de dois anos e neste caminho, por indicação de uma colega, encontrei o Projeto Lance Livre, onde o professor e treinador Rodrigo Brino Vieira estava à frente.”, conta Gabriela.

Nascida em Cotia, interior de SP, Gabriela hoje mora com a família em Paraguaçu Paulista. Por conta do tratamento, a jovem sempre foi muito reservada e tímida. “Desde a minha adolescência, por consequência dos medicamentos para o tratamento, era fechada e quieta, mas tudo mudou quando entrei para o Projeto.”, lembra.

Estudos mostram que a prática de atividade física ajuda a reduzir a frequência das convulsões, bem como levar a uma melhor saúde cardiovascular e psicológica.  E as melhoras foram visíveis. O basquete ajudou a jovem a se tornar mais responsável e alegre. “Com o projeto, além de adquirir controle, equilíbrio e a condenação motora, também cresci social e profissionalmente.”

O Projeto Lance Livre

O Projeto Lance Livre tem como objetivo estimular o senso de cidadania através da prática esportiva para meninas entre sete e quinze anos de idade. Além disso, as jovens também receberem orientações com palestras socioeducativas e acompanhamento por uma assistente social. O basquete é um esporte bastante dinâmico, que requer aprimoramento técnico e tático constantes e proporciona desenvolvimento de habilidades físicas, emocionais e cognitivas.

Live

Na próxima terça-feira, dia 5 de outubro, Gabriela é a convidada de Claudia Guedes para um bate-papo descontraído, no qual a jovem irá contar sua trajetória esportiva. A live acontece no instagram @mulheresacesta a partir das 20 horas.

A CBB apoia este site

CBB
© Copyright 2020 - Mulheres à Cesta. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
Fale conosco – [email protected] - Site by Miss Lily.
Utilizamos cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a navegar no site, você concorda com a nossa "Política de privacidade"
Você pode retirar seu consentimento a qualquer momento, alterando a configuração do navegador e removendo os cookies armazenados. Saiba mais.
Concordo